Taynôh: o menino que tinha cem anos – Aline Rochedo Pachamama

Taynôh é um convite.

Pachamama, a mãe de todos os indígenas deste continente, narra a história de Taynôh.

Este livro tem as raízes na terra. São palavras que foram semeadas e floresceram antes de serem escritas.  E foram escritas com a cor e a seiva da floresta, com o canto e o chamado da Vida.  Taynôh é a criança que está crescendo. É a criança interior dos que se tornaram adultos, que, por hora, repousa e dorme, mas logo despertará.

Ele representa os Povos Originários e a origem indígena de cada pessoa. A sua origem indígena, sufocada por um modelo de sociedade, que busca no externo distante o seu referencial. Taynôh é o tempo Presente e a luta dos que permanecem.

Taynôh é você, um parente seu e também o nome de um de meus ancestrais. Significa “luz do luar”. Ele mesmo me disse.

Aline Rochedo Pachamama (Churiah Puri)

 

Texto multilíngue: puri (macro-jê), guarani mbya (tupi), português e espanhol. Com aquarelas da autora.

 

R$60,00

Fora de estoque

Peso 0.200 kg
Dimensões 23 × 23 cm
Editora

Pachamama

ISBN

9788556340245

Edição

3. ed.

Ano

2019

Páginas

56 p.

Ilustrações

Aline Rochedo Pachamama

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Taynôh: o menino que tinha cem anos – Aline Rochedo Pachamama”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

  • Adicionar ao carrinho
  • Adicionar ao carrinho
  • Adicionar ao carrinho
  • Fora de estoque
    Adicionar ao carrinho